© 2015/2019 por Arte 57. 

Todos os direitos reservados.

Av. 9 de Julho, 5144 São Paulo, SP 01406-200

+55 11 3081-9800

  • Instagram ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Clean
Lasar Segall

Sem título

Desenho a lápis

31 x 23 cm

Déc.1950

Transferiu-se em 1906 para Berlim, onde cursou a Academia de Belas Artes de 1907 a 1909. Desligando-se da Academia, em 1909 integrou o movimento Sezession. Seguiu então para Dresden, passando a freqüentar a Academia de Belas Artes, e em 1910 realizou sua primeira individual, na Galeria Gurlitt. Depois de larga atuação no mundo europeu, com diversas individuais e participações em exposições, chegou ao Brasil pela segunda vez em 1923 (a primeira fora em 1913), naturalizando-se brasileiro e fixando residência em São Paulo. Participou da Bienal de São Paulo (sala especial em 1955) e do Salão Nacional de Arte Moderna. O Museu de Arte Moderna de São Paulo realizou uma retrospectiva de sua obra em 1951, e em 1961 o Museu Nacional de Belas Artes, com o apoio do Museu de Arte de São Paulo, organizou uma grande exposição em sua homenagem. Em 1967 sua casa e ateliê em São Paulo foi transformada no Museu Lasar Segall, onde podemos encontrar grande parte de sua obra e uma rica documentação sobre sua vida e seu trabalho. Em 1971, no Museu de Arte de São Paulo, inaugurou-se a exposição Cem Pinturas de Lasar Segall. Em comemoração ao centenário do artista, em 1991, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro inaugurou a exposição Segall e o Rio de Janeiro, e o Museu da Chácara do Céu expôs 38 esculturas suas datadas de 1929 a 1954. Entre as exposições mais recentes da obra do artista, devemos citar ainda: 1993, Museu Lasar Segall, O Tempo em Segall, em São Paulo; 1996, Centro Cultural Banco do Brasil, Lasar Segall Cenógrafo, no Rio de Janeiro; 2000, Musée d'Art et d'Histoire du Judaisme de Paris, Exposição Lasar Segall: Nouveuax Mondes (retrospectiva apresentada antes em Chicago e Nova York em 1997 e 1998), em Paris; 2002, Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado, com Otto Dix e Lasar Segall: Imagens da Guerra, e Museu Lasar Segall, com Lasar Segall e Otto Dix: Diálogos Gráficos, ambas em São Paulo.8